Como a arborização urbana influencia na estética de uma cidade e na qualidade de vida das pessoas

  • Loteamento
  • Sustentabilidade

As cidades desenvolvem-se e uma das principais consequências do crescimento urbano é a redução de áreas verdes. Sem um planejamento sustentável, o equilíbrio térmico das zonas urbanas é alterado, ocorre o aumento no consumo de energia e também podem surgir problemas de escoamento da água das chuvas. Tudo isso pode resultar em problemas econômicos e de saúde para toda a população.

Pensar em arborização urbana não é apenas uma necessidade estética para as cidades, é uma questão de qualidade ambiental dos espaços públicos e qualidade de vida para as pessoas. Neste post vamos mostrar a importância das áreas verdes, quais aspectos são levados em conta e como a arborização acontece na prática.

Para que serve?

A bióloga Mariela Ines Secchi lembra que a escolha das espécies indicadas para plantio considera as características do local e da planta, o tipo de solo, o clima e se o espaço tem canalização pluvial, esgotamento sanitário e redes de energia. Depois de um bom planejamento, as vantagens da arborização urbana são várias:

– efeito estético, deixando os espaços públicos mais bonitos;
– proporciona sombra para pedestres e veículos;
– proteção e direcionamento do vento;
– redução de poluição sonora;
– redução do impacto da água da chuva;
– proporciona conforto térmico, auxiliando na redução da temperatura e no consumo de energia;
– melhora na qualidade do ar;
– preservação da fauna, servindo de abrigo ou alimento para animais, e corredor ecológico ligando áreas com maior quantidade de vegetação;
– alguns estudos atribuem a arborização urbana até mesmo à redução do estresse e melhora da saúde mental da população;

Seguindo a legislação
Outro aspecto importante da arborização urbana é a legislação. O plantio correto é aquele feito em conformidade com as leis. A bióloga Mariela ressalta que alguns municípios, como é o caso de Lajeado, já possuem um plano diretor para a arborização urbana. Em época de chuvas, por exemplo, muitas cidades que não possuem arborização urbana sofrem com quedas de árvores que não são adequadas ao ambiente em que foram inseridas.

Em Lajeado, a Resolução do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema) estabelece parâmetros para escolha da espécie mais adequada para cada espaço – calçadas, áreas residenciais e canteiros centrais de ruas e avenidas. Outra questão fundamental é seguir alguns cuidados de plantio para que a vegetação cresça de forma correta. Em geral, analisa-se o porte da árvore, a arquitetura da copa, o diâmetro, o tempo de crescimento e tipo de fruto produzido.

O próprio Código de Trânsito Brasileiro e NBR 9050/94 estipulam regras para o plantio de mudas em ruas. É necessário respeitar uma distância mínima de esquinas e observar o espaço livre para o trânsito de pessoas.

A Imobiliária Antares faz arborização urbana nos loteamentos?
Realizamos o plantio de mudas após a finalização da implantação de todos os equipamentos públicos nas áreas dos loteamentos para que não haja necessidade de remoção posterior das mudas ou árvores. Temos uma equipe de profissionais capacitados para o plantio e manutenção dessas mudas e árvores.

Em cada projeto, opta-se pelo plantio de espécies sempre a porção mediana do terreno devido à instalação de entradas de água e energia próximas às divisas dos lotes. Assim, não é necessário retirar as plantas para instalação dos serviços. Na maioria dos casos, as entradas de garagem também são feitas nesses pontos.

Dependendo da qualidade do solo, também é feita a inserção de casca de arroz carbonizada incorporada à terra de boa qualidade. Mas afinal, o que isso muda?
O material é estéril e estável quimicamente, sendo mais resistente à decomposição, além de ser rico em minerais, principalmente cálcio e potássio. Com essa prática o solo apresenta grande capacidade de drenagem e boa aeração, e permite a penetração e troca de ar na base das raízes.

Mas não basta plantar, é preciso cuidar. Por isso, após o plantio, as mudas recebem manutenção periódica com controle de ervas daninhas e possíveis pragas (formigas, cochonilhas e pulgões), e roçada para evitar competição das mudas com outras espécies.

Agora que você já sabe mais sobre a arborização urbana e como ela é um elemento da sustentabilidade, pode considerar esses aspectos na hora de escolher um lugar para morar ou investir. Ainda ficou com dúvidas? Converse com nossa equipe, estamos prontos para ajudar.

  • 4 de novembro de 2019
  • Compartilhe

    Informe seu CPF

    Mensagem enviada com sucesso
    Nenhum boleto encontrado
    Quer saber mais sobre um imóvel? Fale com um corretor

    Receba nossas ofertas e lançamentos no seu e-mail

    Valores sujeitos a alteração, sem aviso prévio. A visualização de mobília nas imagens não significa que o mesmo será comercializado mobiliado